Postado em 18 de Maio de 2016 às 13h55

HORA DE REALIZAR O SONHO DA CASA PRÓPRIA PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA VIABILIZA AQUISIÇÃO DO PRIMEIRO IMÓVEL

Salão do Imóvel (18)Institucional (56)Vendas (4)

No 12º Salão do Imóvel, Caixa Econômica Federal financia com novas regras do Minha Casa Minha Vida

Mais de 5 mil visitantes-compradores são esperados durante os três dias de realização do 12º Salão do Imóvel e Feirão CAIXA, que inicia nesta sexta-feira (20) e segue até domingo (22). Consolidado como maior evento do segmento imobiliário no Oeste de Santa Catarina, esta edição reunirá 15 imobiliárias que ofertarão 3.450 imóveis, no Centro de Eventos Plínio Arlindo de Nes, com horário de visitação das 9 às 20 horas. A realização é do Secovi-Oeste/SC, tendo como agente financeiro a CAIXA e apoio da Prefeitura de Chapecó, Conselho Regional dos Corretores de Imóveis de Santa Catarina (Creci-SC), Universidade Comunitária da Região de Chapecó (Unochapecó), Sindicato da Indústria da Construção e de Artefatos de Concreto Armado do Oeste de Santa Catarina (Sinduscon/Oeste) e Federação dos Secovis (FESECOVI).

Durante o Salão do Imóvel e Feirão CAIXA, a Caixa Econômica Federal estará operando financiamentos dentro das novas regras, definidas para terceira fase do Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV), para as faixas 2 e 3, que utilizam recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A nova etapa do Programa foi estabelecida pelas Instruções Normativas nº 21, 22 e 23, em 14 de dezembro de 2015, do Ministério das Cidades.

Entre as principais mudanças estão a alteração do limite de renda do beneficiário, que agora pode chegar a R$ 6,5 mil, e a definição de novas taxas e subsídios. Também foram atualizados os valores dos imóveis a serem enquadrados para financiamento pelas faixas 2 e 3 do PMCMV. Para a cidade de Chapecó, o valor máximo do imóvel para enquadramento no programa passou de R$ 145 mil para R$ 160 mil.

Outra novidade, prevista para a nova fase, trata das famílias com apenas um participante no financiamento (unipessoais) e que não possua dependentes. A partir de agora, o valor do desconto para pagamento de parte do imóvel será reduzido em 40%, nos casos de proponentes que componham família unipessoal.

A REALIZAÇÃO DE UM SONHO


Para a empregada doméstica Ana Maria Rodrigues Martins, 2015 foi o ano de realização da tão sonhada aquisição da casa própria. Apesar de não estar nos planos, enquanto trabalhava Ana Maria ouviu uma entrevista sobre o evento e gravou para escutá-la depois, com mais atenção. Foi daí que percebeu que adquirir um imóvel poderia ser muito mais fácil do que ela imaginava. Entre os motivos que facilitaram o negócio estiveram os materiais informativos oferecidos no evento e a organização e excelência no atendimento, tanto da parte das imobiliárias quanto da equipe da CAIXA.

Da rádio, Ana Maria foi às imobiliárias e no 11º Salão do Imóvel e Feirão CAIXA realizou a simulação a partir das rendas mensais e dinheiro em poupança. “O amanhã se tornou o hoje”, enfatiza. O imóvel foi adquirido pelo PMCMV em junho de 2015, durante o evento e, em dezembro do mesmo ano, a família já estava na nova residência. “Tínhamos todos nossos gastos na ponta do papel. Fiquei satisfeitíssima, pois pude adquirir meu primeiro imóvel e coube direitinho no nosso orçamento”, relata.

A família, que mudou de cidade por aproximadamente 10 anos devido ao emprego do marido Albino Reinaldo Koch – que trabalha na área da construção civil, viu em Chapecó o município com maior potencial para trabalhar e estabelecer moradia, devido às comodidades, potencial econômico e de trabalho, além das oportunidades de educação para a filha do casal, Kamilly Martins Koch. “Hoje posso aproveitar tudo que a cidade oferece, inclusive com cursos que já tenho feito, nas áreas de atendente de farmácia, manicure e modelista. Além disso, penso no futuro da minha filha, que tem afinidade com a área da saúde. Vejo muito potencial em Chapecó”, exclama.

COMO TER ACESSO AO PROGRAMA


A principal condição para uma família adquirir um imóvel por meio do MCMV é estar enquadrada nas faixas de renda previstas no Programa.

Para as famílias com renda mensal de até R$ 1,8 mil, o cadastramento deve ser feito na prefeitura. Nas outras duas faixas de renda, a contratação é feita diretamente com a imobiliária/construtora, com financiamento pela CAIXA. 

NOVAS CONDIÇÕES DO MCMV 3 RENDA TAXA DE JUROS (a.a)
FAIXA 2 Até R$ 3,6 mil de 5,5% a 7%
FAIXA 3 De R$ 3,6 mil a R$ 6,5 mil 8,16%

BALANÇO - MINHA CASA MINHA VIDA

O PMCMV, do Governo Federal, já contratou mais de 4,2 milhões de unidades em todo o País, beneficiando mais de 9,6 milhões de pessoas com a entrega de 2,4 milhões de moradias e investimento de R$ 270 bilhões.

No oeste catarinense, esse número chega a 33.599 famílias com investimento de R$ 2,56 bilhões. Na cidade de Chapecó 6.689 famílias foram beneficiadas pelo Programa, com investimento na ordem de R$ 649 milhões.

Para 2016, a CAIXA pretende investir R$ 90 bilhões em habitação no país. Destes, R$ 30 bilhões já estão alocados para imóveis fora do PMCMV e R$ 16 bilhões para o programa.

EXPOSITORES

O evento contará com a participação da Fênix Imobiliária, Imobiliária Primeiro Imóvel, Imobiliária Katedral, Imobiliária Exata, Base Sul Imóveis, Mapa Imóveis, Padra Imóveis, Imobiliária Plaza, Viver Imóveis, Construtora Aparecida, MKZ Loteamentos, Abba Imóveis, Santa Maria Imóveis, Cooperchap e Sim! Imóveis. Também farão parte do evento a Obrax Engenharia, Demovelli Indústria de Móveis, Ferrotelli Design, Sebrae/SC – com sete empresas participantes (Proteger - Serviços Empresariais, GRSV - Serviços de Pintura, Elo Ideias, BRGTI - Gestão e Tecnologia Inteligentes, Raiol vidros, EJWB Esquadrias Metálicas e Leandro Lorenzon - Negócios Imobiliários Eireli), Belab Sistemas, Codecal Materiais de Construção, Fascino Homeware, CAIXA, Prefeitura Municipal, Creci-SC, Sinduscon/Oeste e Secovi-Oeste/SC.

  • Ana Maria Rodrigues Martins e a filha Kamilly em frente à casa que adquiriram no 11º Salão do Imóvel e Feirão CAIXA da Casa Própria
    Ana Maria Rodrigues Martins e a filha Kamilly em frente à casa que adquiriram no 11º Salão do Imóvel e Feirão CAIXA da Casa Própria
  • 2015 foi o ano de realização da tão sonhada aquisição da casa própria para Ana Maria Rodrigues Martins
    2015 foi o ano de realização da tão sonhada aquisição da casa própria para Ana Maria Rodrigues Martins
  • Mais de 5 mil visitantes-compradores são esperados durante os três dias de realização do 12º Salão do Imóvel e Feirão CAIXA (Foto - Arquivo 2015)
    Mais de 5 mil visitantes-compradores são esperados durante os três dias de realização do 12º Salão do Imóvel e Feirão CAIXA (Foto - Arquivo 2015)

Veja também

ELEIÇÃO - Sr. Ricardo Lunardi assume presidência do Secovi-Oeste/SC01/12/15 Interagir as instituições e organizações direta ou indiretamente ligadas ao setor é um dos objetivos do empresário Ricardo Lunardi, eleito nesta semana para presidir, no próximo biênio, o Sindicato do Mercado Imobiliário (Secovi-Oeste/SC). A posse festiva está prevista para janeiro. Lunardi trabalhará para ampliar a representatividade......

Voltar para (Notícias)

SECOVI OESTE/SC (49) 3328 3010