Postado em 27 de Julho de 2016 às 16h27

BENITES: CHAPECÓ DEFINE NOVAS VOCAÇÕES EM SEU CENTENÁRIO

Institucional (56)

Tornar-se um centro de educação e de serviços especializados é a vocação que Chapecó encontra ao aproximar-se de seu centenário, na avaliação do médico e empresário Paulo Roberto Benites, diretor de locação do Sindicato da Habitação do Oeste (Secovi Oeste) e proprietário da Fênix Consultoria Imobiliária.

Na construção desse caminho, o Município deve ampliar os investimentos no setor agroindustrial e aproveitar as possibilidades tecnológicas para a educação no ramo de processamento industrial de carnes.

De acordo com o empresário, outros potenciais que devem ser estimulados são nas áreas educacional (com parcerias entre as empresas e as universidades), médica (com serviços e programas de formação) e turismo (com projetos para aproveitamento da cultura e dos recursos naturais, à exemplo de sucesso da Serra Gaúcha, como Bento Gonçalves).

Benites é especialmente otimista com as possibilidades da educação, lembrando que em Chapecó operam 27 instituições de educação superior, o que conferem uma inquestionável condição de polo regional ao Município.

O empresário acredita que, com o status de centro cultural e econômico regional, o Município assegura altas taxas de crescimento. Sugere, porem, que se avalie o bem-sucedido exemplo de Maringá, município paranaense que construiu um paradigma de cooperação interinstitucional e catalisou todas as forças da comunidade em favor de conquistas coletivas e investimentos superestruturais.

O dirigente acredita que haverá uma diversificação da matriz econômica de Chapecó, migrando para, por exemplo, as áreas de tecnologia, serviços especializados de saúde, comércio etc. Lembra, contudo, que “a matriz econômica somente muda, quando a matriz mental das pessoas muda”. E alerta que ”sem estudos e investigação, todo trabalho será infrutífero.”

Entre os desafios que surgem nessa fase da história do Município está o de envolver pessoas sérias e comprometidas nos cargos, incluindo legisladores municipais que tenham, no mínimo, curso superior e um Conselho Gestor da Cidade composto por um conjunto de pessoas comprometidas e com experiência nos vários campos da vida profissional.

Na avaliação de Paulo Benites, o mercado imobiliário de Chapecó continuará sendo o foco de atração de investimentos de toda a região, nas próximas décadas, mas, terá que se reinventar para continuar a crescer. “Esta mudança já esta em curso e muitas empresas estão se modificando para enfrentar esta situação”, conclui.

Veja também

SALÃO DO IMÓVEL E FEIRÃO CAIXA INICIA NESSA SEXTA-FEIRA O MAIOR EVENTO DO SETOR IMOBILIÁRIO DO OESTE19/05/16Mais de 5 mil pessoas visitarão o Centro de Cultura e Eventos neste fim de semana em busca de negócios imobiliários Mais de 3.450 ofertas de imóveis – entre apartamentos, casas, terrenos, etc – em oferta em um só lugar: é o 12º Salão do Imóvel e Feirão Caixa da Casa Própria, que abre nesta sexta-feira (dia 20), às 9 horas da manhã e prossegue até domingo (dia 22), às 20 horas, no Centro de Eventos Plínio Arlindo de Nês, em......
PÓS EM GESTÃO DE NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOS 10/03/16 Pós graduação em gestão de negócios imobiliários Destaque-se neste mercado! ESTA ESPECIALIZAÇÃO VISA FORMAR PROFISSIONAIS COM CONHECIMENTO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOS,......

Voltar para (Notícias)

SECOVI OESTE/SC (49) 3328 3010